Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

SUINA PANDEMIA DE LUCRO

Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 SUINA PANDEMIA DE LUCRO em Sab Jul 25, 2009 9:18 am

aldoluiz

avatar



FAIR USE NOTICE: We are making this material available in our efforts to advance understanding of environmental, political, human rights, economic, democracy, scientific, and social justice issues, etc. We believe this constitutes a "fair use" of any such copyrighted material as provided for in section 107 of the US Copyright Law. In accordance with Title 17 U.S.C. Section 107, the material on this site is distributed without profit to those who have expressed a prior interest in receiving the included information for research and educational purposes.

NO INFRINGEMENT OF COPYRIGHT IS INTENDED
Categoria:  Sem fins lucrativos e ativismo



SINTO MUITO. ME PERDOE. TE AMO. SOU GRATA.
SINTO MUITO. ME PERDOE. TE AMO. SOU GRATA.
SINTO MUITO. ME PERDOE. TE AMO. SOU GRATA.


_________________
Lena Rodriguez
WWW.CUIDEBEMDEVOCE.COM
http://www.cuidebemdevoce.com

5 Re: SUINA PANDEMIA DE LUCRO em Sab Jul 25, 2009 7:54 pm

depaula


Oba, estão conversando aqui! Very Happy

Que plugin é esse que pedem para ser instalado? Também não adiantou eu pedir pela instalação. Nada aconteceu. Todos estão vendo esse plugin?

Estou aqui lembrando de uma das inúmeras terapeutas que tive em minha vida, a Cristina. Ela dizia que gripe era necessidade de chorar. Gripe com coriza. Lágrimas descendo pelo nariz. Ela estava preocupada porque seus filhos estavam gripados há dias sem melhora. Aconteceu logo após o divórcio dela. Curioso. Eu passei grande parte de minha vida sofrendo de gripe ou resfriado. Daquelas com dor de garganta. Muito sofrimento. E sim, eu vivia com vontade de chorar. Após começar tratamento homeopático, melhorei muito.

6 De volta!!! em Qua Mar 02, 2016 10:20 am

Al McAllister

avatar
Admin
Estou colocando isso aqui devido ao fato do H1N1 estar novamente na mídia (comprada), assustando, amedrontando as pessoas - leia as postagens anteriores para reforçar a Luz em sua vida e escolhas. Destaco aqui:


"Estou aqui lembrando de uma das inúmeras terapeutas que tive em minha vida, a Cristina. Ela dizia que gripe era necessidade de chorar. Gripe com coriza. Lágrimas descendo pelo nariz. Ela estava preocupada porque seus filhos estavam gripados há dias sem melhora. Aconteceu logo após o divórcio dela. Curioso. Eu passei grande parte de minha vida sofrendo de gripe ou resfriado. Daquelas com dor de garganta. Muito sofrimento. E sim, eu vivia com vontade de chorar. Após começar tratamento homeopático, melhorei muito." Virgínia De Paula


___________________________________________________________________________________________________


"a gripe das aves apenas causou a morte de 250 pessoas, em 10 anos…25 mortos por ano.
A gripe comum, mata por ano meio milhão de pessoas no mundo. Meio milhão contra 25.
Um momento, um momento.


Então, porque se armou tanto escândalo com a gripe das aves?


Porque atrás desses frangos havia um “galo”, um galo de crista grande.
A farmacêutica transnacional Roche com o seu famoso Tamiflú vendeu milhões de doses aos países asiáticos. Ainda que o Tamiflú seja de duvidosa eficácia, o governo britânico comprou 14 milhões de doses para prevenir a sua população.
Com a gripe das aves, a Roche e a Relenza, as duas maiores empresas farmacêuticas que vendem os antivirais, obtiveram milhões de dólares de lucro.


-Antes com os frangos e agora com os porcos."


 Mª Isabel Costa Malheiro Professora Adjunta Escola Superior de Enfermagem de Lisboa


"Agora digo eu, Aldo Luiz: Isto é ou não é uma conspiração contra a humanidade? Há muito interesse em manter você sob controle, paralítico diante da TV TERRORISTA, agora muito mais eficiente em HDTV.
SEJA 100% RESPONSÁVEL POR SUA VIDA, NÃO ACREDITE NA TV TERRORISTA, CUIDE-SE BEM, LIMPE-SE INCESSANTEMENTE." Aldo Luiz


_____________________________________________________________________________________________________________



Se nos deixarmos abater por uma ameaça qualquer, realmente o nosso sistema imunológico sofre influência e nos deixa predispostos a contrair qualquer doença, não apenas a gripe.  


Citação na postagem de Lena Rodriguez



___________________________________________________________________________________________________________


A FARSA DO VÍRUS H1N1 - Dra. Rauni Kilde



Retirado do 'Diário de Notícias" (2010 - Portugal)



Diário de Notícias
Entre as muitas teorias que têm surgido sobre o novo vírus da gripe A (H1N1), a da Dra. Rauni Kilde, ex-diretora clínica da província finlandesa da Lapónia, é inédita: defende que a OMS mente nas estatísticas que apresenta e que as “elites” estão pretendendo  reduzir a população mundial a dois terços.

Numa entrevista que circula na Internet há algumas semanas, a médica Rauni Kilde (informações biográficas no fim da página), questionada sobre a gripe A, declara que a informação que existe sobre o novo vírus H1N1 é “autêntico lixo”. Kilde é peremptória: “Não é a gripe suína que é perigosa, são as vacinas”.

Numa entrevista de quase sete minutos, Kilde começa por dizer que a humanidade desconhece os efeitos dos alimentos transgênicos ou da utilização dos telemóveis na saúde, e que tudo se resume a uma estratégia concertada das “elites” para reduzir a população mundial a pelo menos dois terços ou “até em cinco mil milhões” de pessoas.

“Eliminar a próxima geração”


Segundo Rauni Kilde, “por detrás de tudo está a diminuição da população mundial” e o objetivo é “colocar milhões nos bolsos de quem difunde as vacinas”.

A médica fala em Donald Rumsfeld, que foi diretor da Gilead Sciences, Inc., a empresa detentora da patente do medicamento Tamiflu, e que tem sido apontado como detentor de ações da empresa.
Kilde acredita que as recomendações para vacinar primeiro grávidas e crianças têm como propósito “eliminar a próxima geração”.

A médica refere-se ainda a epidemia de uma variante da gripe suína que surgiu na década de 70, nos Estados Unidos da América, que envolveu uma grande campanha de vacinação. Kilde refere que os EUA “deixaram a vacinação após três semanas porque havia muita gente morrendo e com danos neurológicos” e que “se asseguraram de que as pessoas não seriam compensadas pelos danos sofridos”.

“Campanha de medo”


“Os Governos estão lançando uma propaganda de medo”. Todos da mídia  dizem que vai ser terrível. É propaganda e as pessoas assustam-se”, defende Rauni Kilde, sustentando ainda que a Organização Mundial de Saúde (OMS) obrigará  as pessoas a serem vacinadas “à força” e que a organização só terá ativado o alerta de uma pandemia de nível seis para esse efeito. “Vê-se em qualquer país do mundo que as pessoas não estão doentes”, declarou.

Rauni Kilde acredita ainda que a OMS divulga números “falsos” e que quem sai beneficiado desta “estratégia” são as grandes farmacêuticas.

Plano e recomendações do Ministério da Saúde Português


Sem olhar às teorias divulgadas, a OMS continua preocupada em avaliar a evolução do vírus e, em Portugal, a primeira fase de vacinação contra a gripe A começou a 26 de Outubro com 54 mil doses disponíveis. As doses serão administradas a um número restrito de pessoas dentro do grupo A de vacinação contra a gripe, o primeiro de três identificados pelas autoridades.
Nesta primeira fase de vacinação são considerados prioritários os profissionais de saúde, grávidas nos segundo e terceiro trimestres de gestação com patologia associada e titulares de órgãos de soberania e profissionais que desempenhem funções consideradas essenciais para o funcionamento do país.

As vacinas, explicou a ministra da Saúde Ana Jorge, vão chegar a Portugal quinzenalmente e estas primeiras 54 mil doses serão distribuídas pelas cinco regiões de saúde, sendo esperado que, até chegar um novo lote de vacinas, estas estejam já todas ministradas.

O Ministério da Saúde e a Direção-Geral da Saúde definiram que estes grupos-alvo de vacinação correspondem a 30 por cento da população.

Segundo a ministra, as estimativas apontam para vacinação de 360 mil pessoas no grupo A, um milhão no B e os restantes no C, até perfazer três milhões. A vacinação de todo o grupo A  deverá demorar mais de um mês.

Portugal adquiriu seis milhões de doses de vacina contra a gripe A (H1N1) para a vacinação de três milhões de pessoas.
Cada pessoa deverá levar duas doses da vacina, sendo a segunda administrada com um intervalo mínimo de três semanas.
Em relação aos órgãos de soberania, Ana Jorge não especificou quem é considerado imprescindível, mas já no que diz respeito aos profissionais de saúde a ministra referiu que podem ser, por exemplo, os profissionais dos cuidados intensivos, os que desenvolvem uma técnica única que mais ninguém faz, assim como os que garantem o funcionamento da Linha Saúde 24. (…)


_________________
© 2007-2018 Soubem Ltda.    www.soubem.com
http://soubem.com

Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum