Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Dengue Hemorrágica: A Verdade

Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1Dengue Hemorrágica: A Verdade Empty Dengue Hemorrágica: A Verdade em Sab Abr 20, 2019 10:13 pm

Al McAllister

Al McAllister
Admin
"Desde sempre se soube que o medicamento Paracetamol apresenta importante hepatoxicidade, sendo possível traçar um paralelo a partir do seu lançamento na década de 50 com a ocorrência dos primeiros casos de dengue hemorrágica, uma vez que desde sempre a dengue foi considerada uma doença benigna. Mesmo assim, passou desapercebido à classe médica que em 1995, o Paracetamol respondia por 58% dos casos de insuficiência hepática nos EUA, bem como principal responsável nas indicações de transplante de fígado como terapêutica heróica nos casos de maior gravidade (4).

Em 1999, já representava a principal causa de insuficiência hepática aguda na Inglaterra (5). Diante disto, resulta ser inadmissível e paradoxal aceitarmos que esta droga, com tamanha capacidade de destruição tecidual, continue a ser recomendada pelo Ministério da Saúde exatamente em casos de epidemia de dengue, onde o fígado é o principal órgão afetado."







Para reforçar o seu sistema imunológico veja: http://www.ourocoloidal.com.br/prata.php



Última edição por Al McAllister em Sab Abr 20, 2019 10:56 pm, editado 1 vez(es)


_________________
© 2007-20198 Soubem Ltda.    www.soubem.com
http://soubem.com

2Dengue Hemorrágica: A Verdade Empty Continua... em Sab Abr 20, 2019 10:31 pm

Al McAllister

Al McAllister
Admin
Estava passando com Scarlett Palhano pelo Campo de São Bento em Niterói, RJ, e nos deparamos com esta bizarrice... leia e assista os vídeos acima para entender melhor...

Dengue Hemorrágica: A Verdade 11267212


Dengue Hemorrágica: A Verdade 11301510

Fotos: Scarlett Palhano


_________________
© 2007-20198 Soubem Ltda.    www.soubem.com
http://soubem.com

3Dengue Hemorrágica: A Verdade Empty Como se prevenir em Sab Abr 20, 2019 10:42 pm

Al McAllister

Al McAllister
Admin
Há 9 anos, sendo então Presidente do IHB (Instituto Hahnemanniano do Brasil), eu e outros colegas homeopatas, fomos chamados à secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro, por uma médica que lá trabalhava no setor de Homeopatia, que pediu-nos para criar uma fórmula ou sugerir um medicamento que pudesse ajudar no tratamento da dengue. Criei então uma fórmula homeopática, que durante este tempo tem sido usada por mim e outros colegas homeopatas para prevenção e tratamento da dengue. Sua composição é:

RHUS TOX./ EUPATORIUM PERF./ CHINA OFF./ LEDUM PALUSTRE/ GELSEMIUM/ 5CH/ aã.


(Basta levar esta fórmula que a farmácia sabe o que fazer.) Pode ser feita em glóbulos (sacarose), tabletes (lactose), ou gotas (alcoolatura a 30%) em QUALQUER FARMÁCIA HOMEOPÁTICA, colocando ao lado dos componentes acima a forma de apresentação que preferir: glóbulos ou tabletes, 12 g, ou gotas, 15ml.

DEVE ser usada como PREVENTIVO da dengue, desta forma:
Tomar 3 glóbulos ou tabletes ou gotas, UMA VEZ AO DIA, enquanto durar a temporada da epidemia. Isto tanto para adultos como para crianças de qualquer idade sendo que no caso de crianças não se usa a forma alcoólica. O medicamento deve ser dissolvido lentamente na boca.

Para bebês, a mãe pode dissolver 2 glóbulos com uma colher de chá de água para facilitar a administração. Se o bebê estiver com MENOS de 3 meses e estiver sendo amamentado, a mãe pode tomar 6 glóbulos antes de uma mamada, que o efeito passará para o leite materno. Grávidas podem e DEVEM utilizar a fórmula.

PODE SER DADO PARA BEBÊS QUE NÃO ESTÃO SENDO AMAMENTADOS, DE QUALQUER IDADE. DEVE SER USADA COMO TRATAMENTO, no caso de dengue ou mesmo suspeita de dengue, desta forma: tomar 3 glóbulos (ou gotas ou tabletes) de 2/2 horas, ESPAÇANDO PARA 3/3 HORAS E 4/4 HORAS, etc, a medida que os sintomas melhorarem , ATÉ A REMISSÃO COMPLETA DOS SINTOMAS.
Nos inúmeros casos que tenho tratado, a doença evolue de maneira branda, e resolve sem agravar ou deixar seqüelas. Para os pacientes que a usam como preventivo, até hoje não houve um caso de contaminação, pelo menos a mim relatado.
Passei a distribuí-la todos os anos para todos os funcionários do IHB, nas épocas de epidemia e desde então nenhum funcionário (cerca de 22) contraiu a doença, mesmo os que moravam em locais endêmicos.

Em caso de DENGUE HEMORRÁGICO, ou mesmo suspeita (isto é plaquetas abaixo de 150.000), principalmente em crianças, ACRESCENTA-SE ao tratamento acima, dois medicamentos:


PHOSPHORUS, 12 CH, 4 glóbulos ou tabletes ou gotas, tomar pela manhã e CROTALUS, 12 CH, 4 glóbulos ou tabletes ou gotas, tomar à tarde.. até as plaquetas normalizarem (150.000). NÃO PARAR COM A OUTRA FÓRMULA. AGIR COM RAPIDEZ.
Nos casos que tenho acompanhado, as plaquetas SOBEM rapidamente de maneira surpreendente.

Alcoolatura a 30% é indicada para pacientes que não podem tomar açúcar (diabéticos). Tomar com um pouco de água. Óbvio que para crianças é mais indicado os tabletes. Para quem tem alergia a leite, use-se os glóbulos.

Pode-se usar externamente a pomada de Ledum palustre como repelente, que funciona de modo bastante eficaz e não traz alergias. Mas só para quem NÃO PODE de jeito nenhum usar repelente. QUALQUER FARMÁCIA HOMEOPÁTICA pode veicular estes medicamentos.
Uma boa medida é tomar vitaminas do complexo B, que eram usadas no Vietnã pelos soldados americanos pois deixa um odor na pele que afasta o mosquito, e a vitamina C, que reforça o colágeno e a imunidade.

Existe o Teragran Jr. uma fórmula que reúne estas duas vitaminas, para crianças.

Como todos nós, profundamente emocionada e chocada com o que tem acontecido ultimamente, principalmente em relação às crianças e grávidas, resolvi divulgar a minha modesta experiência.

PEÇO CALMA NESTA CRISE QUE PASSAMOS E CONFIANÇA, NUNCA SE DESESPERAR MAS AGIR COM RAPIDEZ, PROCURANDO SOCORRO MÉDICO PARA FAZER O EXAME DE SANGUE e hidratação. MUITO IMPORTANTE A HIDRATAÇÃO, ATÉ MESMO COM SORO CASEIRO, E REPOUSO.

Claro que a homeopatia não DISPENSA nem INTERFERE nos cuidados médicos obrigatórios nestes casos, nem deve-se desleixar na erradicação do vetor (mosquito) combatendo seus focos de proliferação.

Qualquer dúvida podem me telefonar: (21) 2285-2225, ou 8682-2225. Boa sorte e peço que divulguem ao máximo esta mensagem se assim o desejarem.

Deixo claro que esta é a minha experiência profissional como médica homeopata.
Atenciosamente,

Profa. Dra. Ana Teresa Doria Dreux
CRM no. 52.33019-0

Livre Docente e Profa. Adjunta de Clínica Homeopática da UNIRIO
Vice Presidente do Instituto Hahnemanniano do Brasil
www.ihb.org.br
Telefone do IHB (21) 2507-5329


Comentários de Estratégias Naturais para a Saúde:



Os remédios naturais não são somente econômicos, mas são frequentemente a melhor opção. Por favor, leia com muito cuidado a informação acima.

É importante lembrar que se sua intenção é a prevenção da dengue, você precisa usar somente o primeiro remédio.
Se você suspeita febre hemorrágica da dengue, é importante fazer análises de sangue para poder determinar as exigências da dosagem.

Como menciona a Dra. Ana Dreux na sua mensagem, estes remédios homeopáticos não substituem nem eliminam os serviços médicos necessários.

Um fator importante em uma situação como este é manter uma atitude positiva em relação à saúde, a cura e a proteção. Isto deve fazer parte de sua estratégia no tratamento da dengue.

Certas emoções podem afetar negativamente aos nossos corpos, e tornar-nos assim mais suscetíveis à doença. Como a Bíblia diz: “Porque, como ele pensa consigo mesmo, assim é.” E também diz: “Porque aquilo que temo, me sobrevém, e o que receio, me acontece.” Então, é importante incluir, dentro das suas estratégias naturais de saúde, um plano para estar positiva e cheia de fé. É vital para sua saúde. Para mim, isto inclui a oração para proteção, assim como a gratidão.

Os deixo com um versículo da Bíblia que é dos meus favoritos, e que consola em momentos difíceis, especialmente quando eu estava muito preocupado pela saúde das minhas crianças. “Nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda. Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos.”(Salmo 91:10 e 11)
Desejo tudo o melhor para você!

Dra. Ana Teresa Doria Dreux explica a seguir o tratamento homeopático da dengue incluindo como usar remédios homeopáticos para a prevenção de dengue.


Fonte: http://www.naturalhealthstrategies.com


_________________
© 2007-20198 Soubem Ltda.    www.soubem.com
http://soubem.com

4Dengue Hemorrágica: A Verdade Empty Continua... em Sab Abr 20, 2019 10:52 pm

Al McAllister

Al McAllister
Admin
Dengue: Tratamento Natural Homeopático
 
Dengue -- Tratamento natural de homeopatia incluindo como usar remédios homeopáticas para a prevenção de dengue é o enfoco de esta entrevista.


Dengue Hemorrágica: A Verdade Dengue-tratamento-natural-aedes-01
Hoje nós temos o prazer da entrevista o Dra. Ana Teresa Doria Dreux, que é vice-presidente do Instituto Hahnemanniano do Brasil assim como Professora Adjunta de Clínica Homeopática da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO.

Todas as agências médicas e governamentais oficiais dos E.U., do Brasil, e do maioria do mundo afirmam que não há nenhuma medida preventiva que podem ser tomadas exceto a eliminação do vetor, ou mosquito portador do vírus.

NHS.com: A homeopatia tem uma vacina ou um homeoprophylaxis (o uso de medicinas homeopáticas para a prevenção) específica para dengue? Tratamento natural existe?

Dra. Dreux: Prevenção não é vacina. Nesta, inocula-se no indivíduo, um vírus ou uma bactéria atenuada.

Na prevenção faz-se uso de medicamentos homeopáticos selecionados criteriosamente e que cobrem, por assim dizer, a totalidade ou a quase totalidade dos diferentes sintomas que ocorrem em diferentes indivíduos no decorre de uma epidemia, neste caso, agora, referendando-nos a Dengue.

O mesmo medicamento ou complexo, (no caso a fórmula que uso de forma preventiva) é usado para tratamento, apenas administrando as doses de maneira mais freqüente, espaçando-se as tomadas de acordo com a melhora dos sintomas.
Como poso estar seguro de esta? Pela experiência da prática na clínica durante muitos anos de observação e tratamento de diversas doenças agudas e crônicas, e da dengue e dengue hemorrágica.

Se funciona com preventivo? Posso assegurar que é muitíssimo eficaz.

Enquanto a dengue, tratamento natural com remédios homeopaticos são eficazes e eficientes.


NHS.com: Poderia você explicar como este remedia homeopática me protege da dengue? Alguns pessoas dizem que os remédios homeopáticas trabalham somente por causa do efeito placebo - em outras palavras, você é curado apenas porque acredita que não vai ficar doente.

Dra. Dreux: Não é pergunta de acreditar ou não. Homeopatia não é uma religião mas uma ciência. Em Brasil é uma especialidade médica no setor da terapêutica desde 1980. É ensinada como matéria optativa de muitas faculdades de medicina e em 3 universidades do governo federal faz parte do programa obrigatório.



Durante a epidemia da cólera em 1855 em Rio, 388 casos foram tratadas com a homeopatia com uma taxa de mortalidade de 2%, quando a enfermaria allopathic teve uma taxa de mortalidade 40-60%.



NHS.com: É verdade que si uma mosquito infectado de dengue me pica, eu vou ficar com dengue?

Dra. Dreux: Não. Estimam que para cada caso da doença, há 100 casos que têm o vírus, mas não manifsta-se a doença. Isso significa que certas pessoas tem imunidade natural contra a doença.

NHS.com: Há alguma precaução que dever ser tomada a respeito de dar este remédio natural para a prevenção da dengue às crianças?

Dra. Dreux: Este complexojá foi usado em inúmeras crianças sem nenhuma reação. Mas houve poucos casos de prurido na pele que pensei poder tratar-se do remédio e mandei suspender. Os sintomas cessaram em 12 horas.

Em qualquer caso em que apareça prurido ou manchas vermelhas, parar o medicamento imediatamente e verificar no hospital se não é dengue que costuma começar as vezes por este sintoma.

1) Se NÃO for dengue suspender a fórmula. É sinal que a criança é sensível ao medicamento e não precisa nem deve toma-lo. Nestes casos só com as doses que tomou já adquire uma certa imunidade o que quer dizer que se contrair dengue, este deverá manifestar-se forma mais branda e não perigosa.

É imperioso fazer exame de sangue e verificar se há queda das plaquetas, células do sangue responsáveis pela coagulação e os leucócitos, responsáveis pela imunidade. O nível médio de plaquetas é de 150.000 até 550.000 em crianças e 150.000 a 450.000 em adultos e em quanto as leucócitos de 5.000 a 10.000 para adultos e crianças.

Se as plaquetas descem para menos de 100.000 pode ser DHF (dengue hemorrágica), e às vezes descem ate 3.000. Nesse caso os pacientes têm que tomar a transfusão das plaqueta e óbvio, é muito perigoso. Esta situação e muito perigoso e requer analisas de sangue duas vezes ao dia.

2)Se FOR dengue, recomeçar a medicação mais frequentemente, 2/2 horas, 4/4 horas etc., dependendo da intensidade dos sintomas.

3) Se as plaquetas abaixam para menos de 140.000, proceder como indicado com os medicamnetos recomendados acima sem suspender a fórmula preventiva. É claro que nunca se deve deixar de ir ao hospital, mesmo com o tratamento homeopático. Dengue não só é uma doença perigosa que exige as vezes transfusão de sangue ou de plaquetas e muitas vezes hidratação venosa e deve ser notificada pelos médicos as autoridades.

Prevenir dengue. Tratamento natural esta na sua alcance.


Dengue Hemorrágica: A Verdade Dengue-tratamento-natural-aedes-02 NHS.com: Podem tomá-lo mulheres grávidas o remedio natural para dengue? E em caso afirmativo, há alguma limitação ou precaução?

Dra. Dreux: As mulheres grávidas devem tomá-lo. A dengue é muito perigosa para bebês e pode causar a morte. E como nós estamos começando a ver, podem causar doenças na futura criança. Pode-se tomar a formula preventiva em qualquer circunstancia, mas se você por um motivo ou outro deixar de tomá-la por alguns dias, não tem problema. A contra indicação é sempre a que já expliquei na questão anterior que vale para adultos e crianças.



Há aproximadamente 144.000 mosquitos para cada pessoa na terra. (Smithsonian National Zoological Park).




NHS.com: Podem as mães e bebês que maman tomar a medicina preventiva? Os ingredientes no remédio homeopatica passariam através do leite de mãe ao bebê. É isso esta bem?

Dra. Dreux: Toda remédio homeopática passim através do leite. É muito comum dar à mãe o remédio as necessidades do bebê. No caso da fórmula preventiva, a MÃE TOMA O DOBRO DOS GLÓBULOS UM POUCO ANTES DE UMA DAS MAMADAS. PORQUE O DOBRO? PARA ASSEGURar-se de que houve uma boa absorção. O medicamento deve sempre ser dissolvido lentamente na boca, ficando o máximo de tempo em contato com a mucosa oral.

NHS.com: Os bebês que não estão mamando e são bebendo leite ou fórmula de bebê? Podem tomar o remédio? É seguro para eles?

Dra. Dreux: Outros bebês podem certamente tomar a fórmula. Podem tomar 2 glóbulos dissolvidos em uma colher de chá de água. Aos recém nascidos que não mamam, pode-se dar o medicamento com muita prudência, 1 glóbulo dissolvido em uma colher do chá da água, observando-se qualquer reação diferente pois recém nascidos são muito delicados e deve-se ficar muito atento a qualquer mudança do comportamento. O que posso assegurar e que se como esclareci antes, é que parando-se o medicamento a reação cessa por si.

NHS.com: Há alguma indicação a respeito de como o remédio homeopatica deve ser tomado?

Dra. Dreux: Todos os remédios do homeopatia tem que ser tomados sendo lentamente absorvidos pela via oral, ficando o máximo de tempo em contato com a mucosa bucal evitando-se de escovar os dentes ou comer ou beber substâncias com cheiro e gosto ativo pois prejudica absorção.

NHS.com: É perigoso para adultos ou crianças quem têm asma ou alergias tomar este remédio?
Dra. Dreux: Em principio não há contra indicações sendo que casos muito complicados deve-se ouvir o médico homeopata pessoal.

Dengue e o tratamento natural preventivo.


NHS.com: Quanto tempo deve-se usar o remédio preventivo?
Dra. Dreux: Em geral as epidemias duram uns dois meses aqui no Brasil dependendo das chuvas, adiantando ou atrasando. Recomendo tomar quando começarem os primeiros casos. Depois de dois meses, se a epidemia continuar forte, tomar uma ou duas vezes por semana, pois já tomou bastante tempo. Em geral não passa de 3 meses, ficando apenas casos esporádicos.


Dengue Hemorrágica: A Verdade Dengue-tratamento-natural-tylenol-03
NHS.com: Que sobre a medicina para aliviar a dor?
Dra. Dreux: O medicamento paracetamol (Tylenol) foi desaconselhado para tratamento da dengue, pois a dose tóxica é muito próxima da dose terapêutica sendo este medicamento, tóxico para o fígado e como o vírus da dengue em 100% dos casos induz a uma hepatite transitória, o uso do tylenol tem sido responsável por hepatite medicamentosa fulminante que parece foi causa de algumas mortes. Em caso de febre e dores eles tem usado a dipirona (Novalgina).

NHS.com: Há qualquer coisa especial sobre a manifestação da dengue deste ano?
Dra. Dreux: Dengue ainda é uma doença misteriosa e neste verão assumiu formas ainda nunca registradas como os casos de dengue hemorrágico intra uterino e dengue hemorrágico em recém natos.

Há 3 meses atrás uma colega pediatra me relatara que o dengue em crianças assumia uma forma muito branda. Isto antes de começarem a morrer as primeiras crianças que eram mandadas de volta a casa com vago diagnóstico de virose. Os médicos ainda não haviam se deparado com esta forma super agressiva do vírus em crianças.

Outros exemplos: pessoa com sangramento nasal e gengival moderado que foi ao otorrino, e sem nenhum outro sintoma, e estava com plaquetas 3000, tendo que tomar transfusão de plaquetas. Foi salva porque o otorrino desconfiou e mandou fazer os exames.(Relato do colega que me telefonou)

Caso de mulher com hemorragia uterina tratando como disfunção hormonal e era dengue hemorrágica. Este caso me foi narrado pela paciente que, após o diagnóstico, foi curada em poucos dias com o tratamento que indico e que a médica dela resolveu usar.

NHS.com: Tem algumas outras observações sobre como evolue a dengue?
Dra. Dreux: Em muitos casos aparecem manchas que evoluem de duas formas
1) ficam avermelhadas e coçam intensamente , por mais de 4 dias, sendo este o sintoma que mais incomoda. Em geral tem pouca ou nenhuma febre e nada de vômitos ou diarréia. As plaquetas caem pouco e o caso evolue bem. O dengue não é hemorrágico.

2) as manchas evoluem logo para pequenas bolhas ou manchas roxas escuras (petéquias) e isto é sinal de dengue hemorrágico. Em todos os casos deve-se ir ao hospital e pode-se e deve-se fazer uso rapidamente da homeopatia. Alguns casos demoram mais dois ou três dias com as plaquetas caindo, mas nunca a níveis abaixo de 40000. Insistir no tratamento. É a DHF.

Cheguei a dar em casos extremos, com níveis de plaquetas 11.000 (mulher idosa) e mesmo 7.000, (criança com 6 anos) nestes dois pacientes internados, a medicação de 2/2 horas alternando-se os três medicamentos, a fórmula e os outros dois. Tive sucesso, o quadro modificando-se em 24 horas, e evoluindo para cura. Depois que as plaquetas começam a subir elas não caem mais. Deve-se tomar os medicamentos que indico para a dengue hemorrágica até 24h depois das plaquetas terem subido para 150.000 ou mais.

Apareceu muito este ano a forma que desidrata rapidamente com náuseas e vômitos, dores intensas abdominais e diarréia. Insistir com a formula preventiva que melhora em 6 horas em média estes sintomas. È imperiosa a hidratação hospitalar com soro diário.

Outros casos com febre muito alta, tonteiras e prostração que indica que a doença pode assumir a forma mais grave. Alguns casos de crianças e adultos que estavam tomando a prevenção por menos de 5 dias, e contraíram dengue de forma muito branda, com exames positivos pouca ou nenhuma queda de plaquetas e leucócitos e em 48 horas não apresentavam sintomas tendo a alta do posto ou hospital a que recorreram.

Um dos casos que atendi, um homem adulto, que contraíra dengue pela segunda vez (sendo que da primeira vez no verão de 2007, havia ficado bem pior) nem precisou faltar ao seu trabalho. Todos estes fatos que relato aqui foram fruto de minha experiência nesta epidemia do Rio de Janeiro.

NHS.com: E necessário ter uma formula enchida do medico homeopata para que posso vincular esta fórmula na farmácia homeopática?
Dra. Dreux: Quanto a necessidade de ter uma receita médica, teoricamente sim. Não sei como é nos Estados Unidos, mas aqui no Rio de Janeiro praticamente todas as farmácias estavam aceitando. Devo dizer que enviei por fax a muitas delas, todas as instruções da minha orientação, pois muitos outros médicos homeopatas também passavam suas orientações e estava se criando confusão. As farmácias aqui do Rio de Janeiro sabem como me contatar. Em outros estados como Ceará, Sergipe, São Paulo e Bahia, também não houve problemas, com minha indicação.

Fonte: web site Saúde Natural


_________________
© 2007-20198 Soubem Ltda.    www.soubem.com
http://soubem.com

Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum